Psicoterapia

Os psicoterapeutas que virem esta imagem perceberão com facilidade o que ela traduz. Os clientes que por ela passaram, ainda mais. E sim, é mesmo uma experiência transformadora. Talvez dizer apenas isto seja pouco.

Sonhar?

Num grupo de transformação pessoal (GTP) que estou a facilitar na Junqueira, uma amiga reafirma a sua luta contra o cinismo. Está pois em guerra contra a posição de muitas pessoas que desistiram de sonhar.
– Para que me vou pôr a sonhar? Para me desiludir e depois ficar pior do que o que estou? – conta ela.
Pergunto então para que servem os sonhos. Serão uma espécie de bomba relógio de desilusão? Porquê tanto medo de sofrer por causa dos sonhos?
Passeava com uma amiga pela Junqueira e ela falava-me de um sonho para logo a seguir dizer: “Eu sei que isso não vai acontecer”. Chamo a isto o absolutismo do impossível. Para sabermos que um sonho nosso não vai acontecer temos que ter uma certeza a 100%. Absoluta, como dizia. Enquanto que para acreditar na possibilidade de um sonho acontecer, basta um bocadinho de fé. Um 0,01% basta.
No coaching psicológico para além dos objectivos, trabalha-se muito com sonhos. Embora haja sempre uma implicação de agir no sentido do que se quer. Na psicoterapia as pessoas sonham-se mais livres e mais auto-confiantes.
Creio que há lugar ainda para uma experienciação do sonhar de forma assistida e antevejo um enorme poder terapeutico disso.
E como é que funciona isto do sonhar? É preciso aprender? É preciso praticar?
 

O que é o coaching?

Normalmente, nos meios em que me movimento, aqui e ali, me surge esta questão. Muitas pessoas me perguntam o que é o coaching e dão ar de quem gostaria que a explicação não fosse muito complicada.

Este serviço começou nos E.U.A. apenas para executivos endinheirados que se podiam dar ao luxo de pagar a um profissional para se dedicar durante um período limitado de tempo a trabalhar na direcção dos objectivos daqueles.

Embora nos Estados Unidos e Reino Unido este seja um serviço com algumas décadas, acaba por ser relativamente novo em Portugal.

Então o que é mesmo o coaching?

O coaching é um processo em que o coachee (cliente) se projecta para um futuro desejado. Seja uma meta de vendas, de angariação de clientes, um processo de perda de peso, a perda de um hábito tóxico, conseguir dedicar mais tempo à família, melhorar alguma competência de trabalho ou uma soft skill, o coachee põe-se em marcha para um futuro que pretende, diferente do seu presente real. Este processo de mudança não aparece sem dificuldades, interiores e exteriores. O papel do coach é ajuda-lo a clarificar bem o que quer e ajuda-lo a vencer essas dificuldades para alcançar objectivo pretendido.

Acredita que tem mais para dar do que o que anda efectivamente a conseguir? Talvez ainda não esteja consciente de todos os recursos que tem ao seu dispor. Quando quiser, continuamos esta conversa.